1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Segunda 02 Mar

Revista Mar

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Domingo, 20 Novembro 2011 00:00


     2151_01A publicação em apreço é o orgão oficial da Liga Marítima do Chile, entidade fundada em 1914, com grande projecção nacional, dirigida pelo C/Alm Eri Solis Oyarzun e tendo como Director Executivo, o Sr. Capitan de Navio  Enrique Trucco Delepine. A Liga Marítima do Chile é membro da FIDALMAR-Federação Internacional de Ligas e Associações Marítimas e Navais, tendo as personalidades atrás mencionadas, integrado a delegação chilena que participou na XXVI Assembleia Anual de FIDALMAR, organizada pela Confraria Marítima de Portugal, em finais de Setembro de 2011, em Cascais,

A Revista Mar tem periodicidade anual e tem uma apresentação gráfica excelente. O número que tivemos oportunidade de ler, e que aqui comentamos, é o referente ao ano de  2010, constituido por 112 páginas, com um formato ligeiramente menor que o da Revista de Marinha. Abre com um editorial, da responsabilidade do seu director, Cte. Trucco Delepine, a que se seguem vinte e cinco artigos ( ! ) e um conjunto de notícias relativas às actividades anuais da Liga, numerosas e bem diversificadas, atestando uma significativa implantação na sociedade civil chilena, que constatamos,  muito valoriza o Mar e as actividades marítimas.

Os artigos incluem as actividades da Marinha Mercante, a participação da Armada do Chile no resgate dos mineiros da Mina São José, o envolvimento do Chile na Antártida, a descoberta da Ilha da Páscoa, a Confraria Chilena dos Capitães do Cabo Horn e a “Irmandade da Costa-Nau Valparaiso”, a Regata Bicentenário “Velas SudAmérica-2010” onde, recorda-se, participou o NE SAGRES e alguns temas históricos.

Compañia  Sud Americana de Vapores-CSAV é o 7º armador mundial, operando 149 navios com uma capacidade de transporte de cerca de 560.000 TEU’s; a CCNI-Compañia Chilena de Navigacion Interoceânica dispõe de 24 navios que totalizam uma capacidade de 57.000 TEU’s e está classificada como o 26º maior armador mundial. Isto significa que o Chile tem uma marinha mercante muito importante e competitiva, sendo a segurança maritima, nas suas várias vertentes, um tema a que esta revista dá  particular atenção.

Ballenas, Economia y Politica en el Siglo XIX  é um interessante artigo que relata a expansão acelerada da indústria baleeira dos Estados-Unidos, que se iniciou ainda no período colonial, em 1768, e culminou nos meados do seculo XIX, quando aquele país armava 736 navios baleeiros,  de um total mundial de cerca de 900. Neste artigo, curiosamente, há várias referências a Portugal, designadamente, a afirmação de que os arpoadores açorianos eram então considerados os melhores do mundo. A consequência da caça não sustentada à baleia foi o desaparecimento quase total deste mamifero e o fim da indústria baleeira; contudo, tinha então o seu início, também nos Estados-Unidos,  a indústria petrolífera, que curiosamente, ainda hoje utiliza como unidade de medida o antigo barril de óleo de baleia medindo 159 litros.

Uma revista desconhecida entre nós, a que tivemos acesso por acaso, no âmbito do Congresso FIDALMAR, revelou-se assim uma surpresa deveras interessante.

 Aqui deixamos os contactos da Liga Maritima do Chile, site http://www.ligamar.cl/ , e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , endereço postal Av. Errazuriz nº 471, CP 1345  Valparaiso, Chile, para quem queira eventualmente, saber mais.


 

Navios de Cruzeiro

MSC Sinfonia MSC Fantasia MSC Lirica MSC Opera MSC Armoria MSC Melody Athena Princess-Daphne Princess-Danae